________
________




quarta-feira, julho 29

Video Entrevista

Tradução do video: By Josi (brigada amore!)

WENTWORTH MILLER DÁ UM RESUMO DA 3ª TEMPORADA DE PRISON BREAK
A 1ª temporada foi muito McGiver, com a tattoo, oito cachorros dentro de uma caixa que balançava pra ver o que acontecia e a 2ª temporada foi muito fundamentada, tanto literalmente quanto figurativamente. Na 3ª temporada é meio que um retorno as origens, soava como o clássico Prison Break. Tudo volta ao lugar, a não ser pelo Michael que está dentro e o Lincoln que está do lado de fora. Michael não tem mais a tatuagem, não tem mais o irmão grandão mais velho pra dar umas porradas, se necessário, eles estarão escapando, em uma fuga, e tudo mais.

MICHAEL IRÁ SE JUNTAR COM O BELLICK, MAHONE OU T-BAG?
Michael corajosamente irá formar uma espécie de parceria com o homem que matou seu pai. E sempre haverá uma barreira para o Michael e o Mahone entrarem nessa. Mas eu acho que uma das forças da série é o que acontece quando eles tem a necessidade de trabalhar para alcançar o que vai e volta, então o Michael gostando ou não, ele provavelmente terá que juntar forças com Bellick e Mahone e T-Bag apenas para sobreviver. A possibilidade interessante, eu acho, especialmente pro Michael, é ter certeza de que eles fiquem nessa prisão em particular, Mahone, Bellick e T-Bag tem crimes pra responder por eles, apenas como o Michael faz, e o que será fascinante é que eles vem até ele (Michael), olhando pra ele por causa do lance da fuga e suas respostas não estão em apenas fugir, mas ativamente em manter os caras lá. Eu acho que isso será bem legal.

COMO O MICHAEL SE SENTE POR ESTAR DE VOLTA NA PRISÃO?
Eu acho que parte do Michael, na verdade, tira... eu acredito, definitivamente, que ele fica com suas responsabilidades de tudo que ele fez pra salvar seu irmão,todos os assassinatos que o T-Bag praticou no decorrer da 2ª temporada, Michael se sente culpado por isso, porque se não fosse por ele, T-Bag ainda estaria atrás das grades. Então eu acho que tem uma parte do Michael que pense: “Não, talvez eu deva estar na prisão, talvez este seja o lugar a que eu pertenço, e devo pagar pelos meus pecados.” Pra mim, a questão é quão longe um homem bom pode ir para que você continue o chamando de bom. E o que eu disse aos roteiristas foi que nós não podemos tirar Michael desse ambiente, esperando que ele pare de planejar sua fuga.

COMO É QUE A ÉPOCA NA PRISÃO SE COMPARA COM OS ANOS ANTERIORES?
A prisão em Juliet (Fox River) foi o nosso local de partida de muitas formas, dando um certo tom à série, foi o personagem mais importante da série na 1ª temporada. E na 2ª temporada foi como encontrar nossos pés com a ausência de Juliet (prisão). A diferença em termos de intensidade e periculosidade, é que essa nova prisão é baseada em uma prisão real que eu acho que fica no Brasil, onde os prisioneiros tinham a facilidade, 10 anos atrás, quando os policiais ficavam do lado de fora, atirando em qualquer um que tentasse fugir e do lado de dentro era tudo por conta deles. Faz com que Fox River pareça com o Clube dos Homens Bike Perisson.

Prison Break - Wentworth Miller Interview

4 comentários:

Helen Foguinho 25 de julho de 2009 23:31  

Adoro essa entrevista! Já vi várias vezes e não me canso!
Aliás, eu poderia ficar horas ouvindo esse homem falando/explicando coisas que já tô careca de tê-lo ouvido falar/explicar!

aryane karine 29 de julho de 2009 12:23  

adorei =)E é tão bom ver ele citar o Brasil xD
Ele é mto fofo♥

Nadia,  29 de julho de 2009 13:45  

Fico LOUCA só de ouvir essa voz!

Ele falando ainda do Brasil, aiaiaiai... mesmo q seja parar falar da pior prisão do mundo, rss.

Será q ele se referia ao inexistente Carandirú?
Se for ele ainda pensa que tem pq diz "prisão que FICA no BR".

Beijos.

Visinha 29 de julho de 2009 21:10  

Ou Carandiru .. ou Presidente Vensceslau ...que é conhecida tbm la fora...por ser de auta preculatifidade tbm!!!!!

Mas é lindo ele falando do Brasil

love !!!!